repara
Textos

Repara

“repara bem no que não digo”
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Leminski já nos fez um alerta sobre a importância de prestar atenção aos detalhes, ao que de fato é passado, mas não é falado. E dia desses eu me peguei pensando quando foi a última vez que eu me deixei silenciar e realmente prestei atenção aos meus amigos (desculpa roubar parte da tua música, Tiago). Cheguei à triste conclusão de que estamos cada dia mais egoístas e tudo o que importa é o que sentimos, o que pensamos e o que queremos. Pouco importa o outro, pouco importa se meus desejos vão interferir na vida do outro.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Experimente sair com aqueles amigos que você não vê há tempos e escute tudo o que houver de novidade. Ofereça um ombro amigo para aquela pessoa que está desconsolada e não tem com quem desabafar. Sente-se com uma criança e deixe-a contar sobre as coisas fascinantes que ela vem descobrindo. Doe-se!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Parece estranho sugerir algo assim, né?! Certamente você deve estar pensando “ah Simone, mas eu os escuto quando posso, minha vida é muito corrida”, e eu te pergunto… Será mesmo? Dá uma pausa na música, no estudo, no trabalho e vem refletir comigo e com o Tiago (vou roubar tua música de novo, coisa linda): quando foi a última vez que você quis escutar e silenciar?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Vida agitada não é e nunca deve ser desculpa para se ausentar da vida do outro. Ame mais, doe-se mais, tenha mais tempo para os outros e, consequentemente, para você. Não deixe para amanhã, faça hoje!

Nascida em São Paulo e criada em Recife, pisciana, publicitária, fotógrafa, viciada em seriados, tatuagens, tênis e apaixonada por azul.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.