Hair Love: a animação da Sony que empodera garotas negras
Feminismo,  Filmes,  Negritude

Hair Love: a animação que empodera garotas negras

Ontem foi dia de Oscar e Hair Love ganhou o prêmio de melhor animação em curta metragem! Se você não conhece ainda a animação da Sony, separe 7 minutinhos para esse curta que retrata a história de um pai que está aprendendo a pentear o cabelo de sua filha pela primeira vez, pois, até então, essa era uma tarefa da mãe.

Hair Love vem nos mostrar a importância de saber cuidar de cabelos cacheados e crespos, pois eles não podem ser penteados da mesma maneira que os cabelos lisos. Também mostra a necessidade de trabalhar o amor pelos cabelos crespos, que durante anos foi motivo de vergonha para muitas mulheres. Quase todo em comunicação não verbal, o curta vai nos ensinando que podemos e devemos nos amar, cuidar dos cachos e repassar esse amor para as crianças. Um bom jeito de espalhar esse empoderamento é com vídeos de tutoriais nas redes sociais, como mostra Hair Love.

Hair Love: a animação da Sony que empodera garotas negras

Eu confesso que demorei muito tempo para assistir, mas também fiquei muito feliz quando várias pessoas me marcaram ou me mandaram o link da animação. Saber que uma história que fala de empoderamento de garotas negras faz as pessoas lembrarem de mim me deixa animada, pois me mostra que toda a minha militância faz sentido e tem surtido efeito. Eu nunca cheguei a alisar o meu cabelo de fato, mas usei química para “abrir” os cachos e depois para voltar a ter os cachos. Sendo assim, o meu processo de transição não foi tão doloroso como é na maioria das vezes. Ainda assim, levei muitos anos para enter a textura do meu cabelo, como cuidar corretamente, como valorizar com penteados e cortes e hoje, servir de inspiração para outras pessoas é uma delícia.

Se você ainda não assistiu Hair Love, aperta o play aqui embaixo e depois me conta o que achou!

 

 

 

Hair Love
Lançamento: dezembro de 2019
Direção:Matthew A. Cherry
Duração: 6min44seg
Gênero: animação

Nascida em São Paulo e criada em Recife, pisciana, publicitária, fotógrafa, viciada em seriados, tatuagens, tênis e apaixonada por azul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.