Encha a cara de cachaça e egoísmo

2.11.16


Dia desses uma amiga estava filosofando sobre esse ano e concluiu que 2016 é o ano das desilusões amorosas. Lembrou dos diversos casais que terminaram relacionamentos longos e também dos seus, curtos, porém muito intensos. Essa mesma amiga outro dia chegou para mim e falou que não queria mais saber de envolvimento com homens, pois estava muito cansada de quebrar a cara. Foi aí que eu parei e comecei a analisar, por que a gente cria tanta expectativa em cima de outras pessoas e outros casais? Por que jogamos a nossa felicidade no colo dos outros?

Pera lá, tá tudo errado!

Eu não dependo de outras pessoas para ser feliz e você também não! E vamos parar de achar que o amor não existe ou não vale a pena só porque Fátima e Bonner estão separados, ou porque a Lua traiu a Joelma… Olha o Xandy super bem com a Carla Perez. Acredito que o amor vai além da convivência sob o mesmo teto. Não baseie a sua concepção de amor em terceiros, busque o significado em você mesmo e nas pequenas atitudes do seu dia a dia, seja o seu espelho. Sabe aquele “boa noite, dorme bem” ou aquele “como foi seu dia?” que você recebe vez ou outra no whatsapp? Ele pode ser um exemplo de amor disfarçado de cuidado ou carinho, dê mais atenção.

Não culpe os outros pelas expectativas que você cria. Não culpe os outros se você cria um universo perfeito em sua mente, mas ele não se concretiza aqui, no mundo real. O que você tem feito para que o amor esteja sempre presente em sua vida? E o amor próprio, como vai? Se você está deixando o amor próprio esquecido na gaveta, então você já errou! Como espera que alguém sinta por você algo que nem você mesmo consegue nutrir?

Lembre-se, a vida é assim mesmo, cheia de indagações e imperfeições. Mas se a gente não viver e se entregar, é melhor a gente morrer, porque nem sempre vamos ter histórias felizes. Os momentos tristes e os erros servem jutamente para nos fazer crescer. E se por acaso o seu romance não der certo, encha a cara de cachaça e egoímo, vá viver!


Imagem: Pexels

Leia também:

0 comentário(s)

Receba as atualizações no seu email!

Seguidores