Mudando meus hábitos

25.1.16

Foi uma verdadeira luta contra mim mesma, mas a luta está apenas no começo! Levei cinco meses para atingir uma meta que deveria ter conseguido após três meses. Isso tudo porque mesmo depois de desabafar aqui no blog, eu demorei muito pra de fato começar a fazer algo. Demorei pra entender que a mudança não dependia de nutricionista e nem de treinador, pois a parte deles era apenas me orientar. Cabia a mim fazer o mais difícil, abrir mãos de certas coisas, mudar minha rotina e começar a pensar mais na minha saúde.

Comecei pela alimentação, fiz uma avaliação nutricional com Mariana Domício, que me mostrou o quanto eu errava na minha alimentação, me sugeriu pequenas mudanças e começamos trabalhando quantidade. Estou em reeducação alimentar e não é simples, pois eu tinha hábitos alimentares terríveis. Mas quando a gente nota as melhorias, tudo vai ficando mais leve. Não bebo cerveja há pouco mais de um mês, como pouco pão e quando o faço, é integral. Biscoito recheado e outros doces estão sendo raridade, mas às vezes eu escorrego, pois não sou de ferro, né?!

O difícil nessa mudança toda foram os treinos. Eu caminho bastante, mas acordar cedo para treinar era algo que eu não me via disposta a fazer. Até que, finalmente, eu comecei a treinar à noite agora em janeiro. Em alguns dias até treinei de manhã! Só que não é fácil, não é mesmo. Cada dia é uma luta enorme contra a preguiça, a vontade de dormir mais ou de ir logo pra casa. Tenho muita sorte de trabalhar na Unic Espaço de Metas, lá todo mundo cuida de mim e me dá aquele empurrão pra não deixar de treinar, pra não desistir das minhas metas.

No Instagram (segue lá, @donabispa) eu tenho mostrado minha ronita de treino e um pouco da minha alimentação. Vou tentar falar mais sobre meus progressos e torçam pra que eu emagreça mais até o meu aniversário.

Leia também:

0 comentário(s)

Receba as atualizações no seu email!

Seguidores