Quando eu cheguei ao meu limite

21.9.15


Quem é mais próximo a mim, sabe o quanto ando incomodada com meu peso atual que é aproximadamente 20kg acima do peso que eu desejo. Mas apesar desse incômodo, emagrecer não tem sido nada simples para mim, pois não é apenas uma questão de parar de comer isso ou aquilo, meu estresse, ansiedade e compulsão por comida estão dominando meu lado emocional e tem dias que eu piso na bola e passo o dia jacando.

Semana passada fiz uma avaliação física lá na Unic Espaço de Metas, academia onde trabalho e descobri que estou pesando 81kg e deveria pesar 66kg, meu IMC é de pré-obeso, mas de risco baixo, meu condicionamento físico anda muito ruim e meu percentual de gordura deveria ser de 19%, mas estou com 35,77%. Quando recebi o resultado da avaliação tive aquela reação que toda pessoa sedentária tem, fiquei completamente assustada e me perguntando se eu seria capaz de reverter essa situação, mas aceitei o desafio de eliminar 6kg até dezembro.

Mas qual o motivo de estar contando isso aqui? Calma, esse não será um blog fitness, pois quem me conhece sabe o quanto sou sedentária. Num texto passado eu falei que engordei, reclamo do meu peso atual e não faço nada para que isso mude. Eu estava esperando meu milagre, porém, descobri que meu milagre depende do meu esforço verdadeiro. Cheguei ao meu limite! Não posso mais me sabotar desse jeito, ninguém deve se sabotar.

Decidi que chega de choro, compulsão e sabotagem. Fiz a avaliação, marquei consulta com uma nutricionista e enquanto você lê esse meu pequeno desabafo, fui caminhando para a academia, finalizei o primeiro dia de treino, estou andando (literalmente) para o estágio da manhã (me atrasei por ter ficado até 2h da manhã conversando sobre música, poesia, machismo e sororidade) e me sinto disposta a cuidar de mim tanto quanto eu cuido dos outros.

Leia também:

3 comentário(s)

  1. Si, sei bem o quanto é difícil.. Eu também estava muito acima do meu peso e até hoje tenho dificuldade em não jacar, principalmente nos fins de semana, eu perdi 12 kgs, mas já ganhei todos eles de volta!
    Mas tu é fera e vai conseguir, se precisar de uma força.. tô por aqui!! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me apoia sim! Não quero comer de passar mal quando a gente sai! hahaha
      Vamos nessa, a gente consegue eliminar esses quilinhos indesejáveis.

      <3

      Excluir
  2. Olá
    Cuida sim moça, vc é jovem quanto eu, estar acima de 80kg é uma coisa muito séria a se preocupar. Falo de minha experiência, antes estava com 66 kg ou mais e não me preocupei em me manter com saude saudavel e confesso sempre achei que era "fortinha" pois as pessoas comentam se engordei ou emagreci. E hoje estou com 98 kg com problema sério que não consigo emagrecer ou reeducar alimentação, ou problemas emocionais. Tenho Hérnia de disco, é uma dor inexplicavel que tenho que conviver todos os dias, sinto dor toda hora e o remedio até resolve mas dor sempre volta, tornando prisioneira dos remedios...coisas que antes nao havia de saude ou remedios. A hernia de disco pode surgir atraves do aumento de peso, trabalho repetitivo e má postura.
    Aconselho que cuide sim , reeeduque sua alimentação enquanto é tempo. Não gostaria que outras pessoas passem pelo estou passando, qd falo que dor é horrivel é pq é horrivel mesmo! Pq praticamente precisa estar de repouso absoluto, nao abusar dos pesos, nao pode fazer qualquer exercicios fisicos, nao aguenta ficar muito tempo em pe ou sentada, sempre tem que circular, não pode trabalhar. é uma loucura! amo trabalhar e nao posso. Isso me enlouquece mas graças a Deus me controlo, ter paciencia. Entao se cuide abençoada bjs

    ResponderExcluir

Receba as atualizações no seu email!

Seguidores