Amor, Plástico e Barulho

2.3.15

Dia desses um amigo me convidou para ir ao cinema, já me conquistou por me chamar para ver um longa nacional, aí fui pesquisar mais sobre a escolha e confirmei feliz da vida a ida ao cinema, pois se tratava também de um filme que falava de um estilo musical muito forte e presente na região onde moro... Lá fomos nós assistir Amor, Plástico e Barulho!

Amor, Plástico e Barulho é um filme que retrata o universo da música brega em Pernambuco, que gostando ou não, é um fenômeno dentro e fora das periferias. Como todo filme que retrata esse lado da sociedade, o filme não dispensa palavrões e erotismo, mas não chega a ser nada chocante ou intimidador.

Sinopse oficial do filme:

Shelly, dançarina de 25 anos, sonha se tornar cantora de Brega – uma cena musical romântica e sensual da periferia brasileira. Apesar da idade, ela já é uma veterana nesse precário show business, dançando em casas noturnas e programas de TV locais. Ao conhecer Allan, um cantor e compositor em ascensão da cena, vive uma grande paixão.

Enquanto Shelly (Nash Laila), uma jovem dançarina sonha se tornar cantora, tendo como influênca a experiente cantora Jaqueline (Maeve Jinkings), que já emplacou alguns sucessos, mas agora amarga o declínio da sua carreira mesmo não aceitando tal condição. Bebidas, drogas, rivalidade e amores superficiais marcam o enredo, que na minha opinião deixou um pouco a desejar, mas que possui figurino e trilha sonora (esta composta pelo Dj Dolores) impecáveis no quesito fidelidade ao mundo brega do qual buscou inspiração.

O filme traz também algumas críticas à construção do Shopping Riomar e da Via Mangue, de maneira satirizada, que ao meu ver, fugiu do contexto principal da trama. Também senti falta de uma maior exploração do grupo social escolhido, achei um tanto superficial e o final um pouco destoado. Porém, ainda assim, o filme me pareceu bom para dar risadas e realizar comparações com o cotidiano de quem vive em periferias, como eu!




Amor, Plástico e Barulho está em cartaz no Cinema São Luiz aqui de Recife, todos os dias às 19h50 e a entrada custa R$4,00 inteira e R$2,00 estudante.



Amor, Plástico e Barulho
Lançamento: janeiro de 2015
Direção: Renata Pinheiro
Elenco: Nash Laila, Maeve Jinkings, Samuel Vieira, Rodrigo Garcia, Leo Pyrata
Duração: 1h30min
Gênero: Drama

Leia também:

0 comentário(s)

Receba as atualizações no seu email!

Seguidores